Postado em 01 de Maio de 2017 às 13h09

Passos para um bom Vendedor Porta-a-Porta!

Dicas (36)
Venda Porta a Porta Não assuste seu possível cliente! O primeiro cuidado que você deve tomar é evitar uma postura intimidadora ou invasiva. Controle seu entusiasmo e use um tom de voz lento e agradável....

Não assuste seu possível cliente!
O primeiro cuidado que você deve tomar é evitar uma postura intimidadora ou invasiva. Controle seu entusiasmo e use um tom de voz lento e agradável. Também evite falar alto demais: use o tom suficiente para que o potencial cliente possa ouvi-lo claramente.

Vista-se para agradar seu consumidor!
Vista-se de forma compatível com o contexto dos produtos ou serviços que você vende e com o tipo de cliente que vai atender. Não existe vestimenta correta, e sim a mais adequada. O importante é a apresentação que favorece a empatia com seu interlocutor.

Pesquise hábitos e horários!
Estude a região que você irá visitar. Sejam moradores ou estabelecimentos, procure entender o máximo possível os hábitos e horários das pessoas. Isto permitirá que você se programe da forma mais adequada para encontrar as pessoas em horas mais oportunas para lhe atender.

Respeite o espaço do seu cliente!

Respeite o espaço da pessoa com a qual quer falar. Ao tocar a campainha de uma residência, afaste-se da porta. Isto dará a impressão de ser menos invasivo. Da mesma forma, não entre em um estabelecimento comercial como um cliente ou com excesso de intimidade como se já conhecesse o proprietário ou gerente há muito tempo.

Deixe-o perguntar e saiba quando não insistir!

Para adquirir confiança, permita-o rapidamente identificar você e o produto ou serviço que representa e dê-lhe a chance de falar ou fazer perguntas que sugiram ou não o interesse no que você vende. Use possíveis objeções ou respostas negativas para entender melhor quais as demandas e procure esclarecer uma por uma.

Venda seu produto com convicção e deixe a porta aberta!

Se, ao contrário, o consumidor parecer interessado, investigue os possíveis ganchos ou fatores que o motivariam a comprar o que tem para vender. Se perceber que o potencial cliente não está disponível no momento, mas manifesta algum interesse, pegue informações mínimas e pergunte quando poderá voltar a visitá-lo.

Fonte: Exame

Veja também

Despesas, custos e gastos na revenda22/10/18 Você sabe a diferença entre despesas, custos e gastos na revenda? É muito importante saber a diferenciação entre cada termo desses para conseguir ter maior controle financeiro das suas contas. Tanto os custos quanto os gastos e as despesas remetem à saída de dinheiro em caixa, ou seja, são pagamentos que necessitam ser feitos. Ainda que similares, esses......
Ideias criativas para ganhar dinheiro no Natal17/12/18 Fazer e vender bolachinhas de natal As bolachinhas de natal são muito famosas e nessa época tem uma procura imensa, então é mais uma das ideias para ganhar dinheiro no natal. É só produzir e começar vender......
Os 5 Motivos para ser Revendedor por Catálogo!03/04/17 Quer ser um vendedor de sucesso? Independente e com uma ótima renda mensal? Então preste atenção as dicas que está neste artigo. Com elas, além de se tornar um profissional qualificado você terá ainda......

Voltar para Notícias